Provérbios

Os provérbios ...

 São conhecidos também por ditados ou máximas - são conselhos e ensinamentos ditos de forma simples e reduzida e baseados numa longa experiência. Porque são a voz do povo - a voz de Deus? - são um tesouro de regras destinadas a uma vida sã, harmoniosa e digna. São célebres os 3000 provérbios de Salomão, Rei de Israel. Mas muitos dos provérbios hoje conhecidos não se sabe quem são os seus autores.

Passaram de gerações em gerações e atravessaram fronteiras. Muitos deles, para melhor se fixarem, são em rima.




Quem semeia ventos
   colhe tempestades.

Ao menino e ao borracho
   põem-lhe Deus a mão por baixo.


Quem muito dorme
   pouco aprende.


Desmanchar e fazer
   tudo é aprender.


Quem conta um conto
   acrescenta-lhe um ponto.


Quem quer vai,
   quem não quer manda.


Os homens
   não se medem aos palmos.


Para bom entendedor
   meia palavra basta.


Amigo do meu amigo
   meu amigo é.

Água mole em pedra dura
   tanto dá até que fura.


Quem diz o que quer
   ouve o que não gosta.


Guarda que comer,
   não guardes que fazer.


Desmanchar e fazer,
   tudo é aprender.


De livro fechado,
   não sai letrado.

 


Pág. | 1 | 2 |

 

Muito obrigado pela sua visita. Para qualquer sugestão ou comentário contacte-me. Obrigado!